UNIDADE BOTAFOGO

A unidade Botafogo do Hospital Samaritano ocupa um prédio principal e anexos que totalizam quase 18.000 m2. Abrigam os setores assistenciais e administrativos, e estacionamento próprio para os médicos – um dos muitos diferenciais da instituição. O acesso é feito tanto pela Recepção Social como pela Recepção de Emergência, ambos espaços amplos, confortáveis e acolhedores. A hotelaria sofisticada é outra marca do hospital, reconhecido principalmente pelo atendimento personalizado, qualificado e seguro.

Rua Bambina, 98 – Botafogo, Rio de Janeiro – RJ.




Emergência

Criada em 1998 e considerada um modelo no país, a Unidade de Emergência do Hospital Samaritano tem nos recursos humanos o maior segredo para seu reconhecido trabalho de excelência. O setor tem profissionais experientes e altamente competentes, treinados em Basic Life Suport (BLS). A maioria de médicos e enfermeiros é qualificada em Advanced Trauma Life Suport (ATLS) e em Advanced Cardiologic Life Suport (ACLF). Todos os recepcionistas são preparados para lidar com o perfil de pacientes e familiares que precisam de cuidado emergencial.

Quanto aos aspectos físicos e tecnológicos, os boxes da unidade têm cadeiras com os mesmos monitores de última geração usados pelo Centro de Terapia Intensiva, há leitos específicos para grandes traumas ou doentes mais graves e tecnologia para realização de pequenas cirurgias. A disponibilidade de ambulâncias 24 horas e o atendimento nelas realizado também é destacado. Com rapidez e precisão, o Samaritano presta um suporte de alto padrão para qualquer tipo de doença, em qualquer lugar do Rio de Janeiro.

Internação

O atendimento personalizado e ágil e o calor humano são pontos fortes das equipes do Samaritano, que têm como prioridade oferecer a melhor acomodação no menor tempo de espera possível, no momento em que pacientes e familiares chegam à instituição.

Anfitriões e mensageiros do Serviço de Segurança facilitam o acesso a todos os setores e pacientes estrangeiros têm à disposição equipes de atendimento bilíngue, para uma experiência completa e sem barreiras. Durante o tempo de internação, doentes formadores de opinião também podem contar com a discrição de médicos e colaboradores, que evitam qualquer tipo de exposição sobre esses casos clínicos na mídia.

Quarto terapêutico para pacientes em tratamento de radioterapia

Inaugurado em 1998, o quarto terapêutico é um dos poucos disponíveis no mercado privado de saúde. Destina-se ao tratamento complementar dos pacientes portadores de câncer da tireoide e de tumores de origem neuroendócrina já submetidos a alguma intervenção cirúrgica ou quimioterápica.

Ambas as terapias, altamente especializadas, consistem em expor o paciente a material radioativo iodo 131 (tireoide) e MIBG 131 ou octeotride marcado com lutécio 117(neuroendócrinos). A estratégia reduz as metástases, aumenta a sobrevida e melhora a qualidade de vida. Os resultados alcançados pelo Samaritano são excelentes, com índice de retratamento muito baixo.

Centro de Terapia Intensiva e CTI Pós-Operatório

Médicos, enfermeiros, técnicos de enfermagem e equipe multidisciplinar do Centro de Terapia Intensiva do Samaritano - criado em 1986 - praticam um cuidado dedicado ao paciente e são preparados para a escuta atenta e solução de todas as necessidades das famílias, que desempenham papel fundamental na evolução do tratamento. A experiência do corpo clínico, a titulação da maioria dos chefes de rotina em Terapia Intensiva e a relação “enfermeiro x leito”, rara no país, são outros fatores que possibilitam o êxito nos resultados da Unidade, que também conta com tecnologia de ponta .

Diferencias em tecnologia

Os quartos têm monitores que fazem a checagem precisa de todos os parâmetros necessários do paciente e os dados podem ser visualizados até mesmo na casa do médico assistente. Para troca de informações clara com estrangeiros internados no Hospital – uma marca do Samaritano – há camas com sistema de comunicação em até 24 idiomas, com tradução simultânea lida no monitor instalado no leito.

Quarto de isolamento

O CTI conta ainda com um quarto de isolamento para pacientes em condições mais delicadas, com doenças infecciosas graves e queimados, por exemplo. A principal característica do local é a pressão negativa: não há troca de ar com o ambiente externo.

CTI Pós-Operatório

Em 2013, o Hospital Samaritano inaugurou seu CTI Pós-Operatório com dez leitos e o mesmo aparato tecnológico do CTI Geral e o principal: a assistência de excelência que perdura há quase três décadas.

Unidade Coronariana

A missão da Unidade Coronariana do Samaritano é assegurar o atendimento imediato e integrado aos pacientes portadores de doenças cardiovasculares graves, agudas ou descompensadas. Para isso, conta com um ambiente que garante segurança e agilidade em situações complexas.

Treinamento permanente em técnicas cardiovasculares de vanguarda e cuidado de pacientes graves, análise e discussão diária de todos os casos e reuniões científicas regulares estão entre as atividades de atualização dos profissionais da unidade. A participação em protocolos de pesquisa e a titulação acadêmica também são estimuladas, com vários integrantes da equipe com mestrado ou doutorado tanto na área médica como de enfermagem.

O setor utiliza estratégias diagnósticas e terapêuticas de alta complexidade e embasadas em evidências científicas. Todas as medidas de investigação e tratamento são conduzidas com foco na plena harmonia das expectativas dos pacientes, familiares e médicos assistentes, em ambiente de rigorosa vigilância e excelência técnica.

Salas cirúrgicas inteligentes

As salas cirúrgicas do Samaritano, por sua vez, têm tecnologia inteligente. Todos os equipamentos são interligados, o que possibilita acompanhamento mais eficaz das condições do paciente e o registro simples e rápido dos dados das cirurgias. O ambiente segue o conceito de “sala limpa”: uma coluna vertical móvel e uma estativa no teto abrigam monitores, conexões de gases medicinais e energia elétrica, e os fios e cabos são acomodados na parte interna do sistema. A facilidade de acesso garante segurança na mobilidade do paciente e das equipes, além de limpeza e manutenção adequadas.

Central de OPME

Prática pouco difundida no mercado hospitalar, a Central de OPME (Órteses, Próteses e Materiais Especiais) do Samaritano fornece soluções rápidas e precisas para todo e qualquer tipo de solicitação interna de materiais especiais de alto custo envolvidos em cirurgias de alta complexidade, nas mais diversas especialidades.

Criada para que os médicos do Samaritano tenham um canal único de apoio para identificar e atender essas demandas, a Central traz diversos benefícios tanto para o médico como para sua equipe, que pode interagir com o hospital determinando quantidade, tipo, origem e tempo de utilização de produtos a serem estocados. Os materiais da OPME são comprovadamente seguros para o paciente e têm alto padrão de qualidade – registrados pelos órgãos regulamentadores e rastreados por rigoroso controle técnico. E para garantir a eficácia de todo o processo, o estoque funciona 24h ao lado do Centro Cirúrgico do hospital.

Espaço de alimentação diferenciado

Acompanhantes e visitantes contam com um charmoso coffee shop localizado no térreo do hospital e com funcionamento 24h. O Café Hum (ramal 208) disponibiliza salgados, doces, lanches e refeições. Para alimentação nos quartos, o Samaritano tem Room Service 24h e aceita todas as formas de pagamento.

Newsletter Samaritano

Cadastre-se e receba as nossas atualizações

Faça o seu login

Escreva o seu login e senha e tenha acesso as informções:

não é cadastrado?

Enviei seus dados e receba seu acesso por email:

Envie para um amigo